Métodos Aplicados

  Vídeos   Facebook da Trovisca

Métodos Aplicados

BIOMAGNETISMO

BIOMAGNETISMO MÉDICO

bio

 

O biomagnetismo caracteriza-se por ser uma terapia que consegue com sucesso diagnosticar, diferenciar e destruir micro-organismos como vírus, bactérias, fungos e parasitas, mas o mais surpreendente é que é feito apenas com um par de ímanes terapêuticos, sem medicamentos, sem cirurgias, sem protocolos elaborados e dispendiosos, tudo isto graças ao descobrimento do par biomagnético feito em 1988 pelo Dr. Issac Goiz Durán, médico mexicano.

 

O biomagnetismo médico ao ser um procedimento de ordem física, natural e externa não produz efeitos colaterais indesejados.

  

Através de um teste de reação muscular inteligente, é o próprio corpo do utente que acusa onde se encontram os pares biomagnéticos desequilibrados. Sobre estes pontos colocam-se ímanes da mesma polaridade, o que produz uma interrupção no processo energético dos vírus e bactérias e simultaneamente corrige-se a alteração do pH. Isto desequilibra a condição de vida destes micro-organismos, que perdem o seu sustento energético. No caso dos vírus, destrói-se a sua carga patogénica de ADN, e nas bactérias altera-se o pH dificultando a sua reprodução e enfraquecendo-as perante o sistema imunitário. Também ocorre um efeito de curto-circuito na estrutura eletromagnética destes micro-organismos, que ao serem eliminados permitem que haja melhoras significativas no utente. 

   

  

Algumas Patologias tratáveis com o Biomagnetismo Médico:

   

 Acne (vulgar e duro)

 

Alergias

 

Arritmias

 

Artrite reumatoide

 

Asma alérgica

 

Bipolaridade

 

Bronquites

 

Bursites (problemas musculares)

 

Cotovelo de tenista

 

Cataratas

 

Obesidade

 

Má circulação sanguínea

 

Diarreias

 

Diabetes

 

Hiperatividade

 

Regularização das Plaquetas

 

Tumores

 

Angústia

 

Acidez do Estômago

 

Correções Posturais

 

Problemas Renais

 

Gripes

 

Sarna

 

Taquicardias

 

Varizes

 

Dores articulares

 

Artroses

 

Espondilite anquilosante

 

Problemas oculares

 

Fibromialgia

 

Glaucoma

 

Gota

 

Hemorroidas

 

Hepatites

 

Insónias

 

Dislexia

 

Lupus

 

Parkinson

 

Psoríase

 

Problemas Intestinais

 

Disfunção das Glândulas

 

Herpes Zóster

 

Hipertensão

 

Tremores

 

Infeções por parasitas, fungos e bactérias

 

Enxaquecas

 

Melanomas

 

Nevrites

 

Osteoporose

 

Pressão sanguínea

 

Problemas de pele

 

Problemas cardíacos

 

Problemas de ouvidos

 

Problemas digestivos

 

Problemas psico-emocionais (depressões, traumas, ansiedade, stress, bipolaridade)

 

Alzheimer

 

Miomatoses

 

Falta de Concentração

 

Disfunções da Tiroide

 

Outras patologias…

   

  

Como funciona o Biomagnetismo Médico

  

É bem sabido que os organismos superiores podem ser portadores assintomáticos de micro-organismos patogénicos aparentemente nas mucosas do sistema respiratório e digestivo. Na verdade estes são descobertos nos pares biomagnéticos e por isso o biomagnetismo médico é também um procedimento preventivo para a saúde, ao detetar oportunamente a patologia mesmo antes que ocorra uma manifestação clínica. De forma geral, é conveniente visualizar o estado da saúde e dos órgãos por forma a manter um equilíbrio ideal entre as suas cargas iónicas negativas e positivas. O corpo humano mantém-se saudável sempre que o seu pH se mantenha num nível neutro (pH 7,3). A doença surge quando se estabelece uma distorção ou desequilíbrio entre as cargas positivas ou negativas que podem envolver órgãos completos. O biomagnetismo pode corrigir estes desequilíbrios empurrando o excesso de carga negativa com o polo negativo do íman, e estas são neutralizadas pelo excesso de cargas positivas empurradas pelo polo positivo do íman, até que se alcance o ponto de equilíbrio saudável para o corpo humano.

  

Por esta razão, o biomagnetismo pode também corrigir disfunções e alterações metabólicas no organismo consequência destes desequilíbrios ácidos ou básicos. As suas projeções terapêuticas englobam assim uma vasta gama de doenças, porém existem limitações em todas essas doenças em que se tenha produzido um dano estrutural irreversível, e em que as possibilidades de regeneração estejam diminuídas pela idade, por cirurgias ou por acumulação de efeitos secundários provocados pela toma de medicamentos durante muito tempo.

 

 

O Procedimento

  

O procedimento é não-tóxico, não-invasivo e geralmente indolor (Podem ser sentidas algumas alterações temporárias nos primeiros dias, pois o corpo está a voltar ao equilíbrio).

  

O utente permanece totalmente vestido, calçado e deitado numa marquesa. O utente permanece relaxado enquanto o terapeuta faz um rastreio dos pontos em desequilíbrio, os ímanes são colocados e ficam a atuar entre 15 a 25 minutos. O tempo de sessão pode variar entre 30 a 60 minutos.

   

 

Restrições

   

Esta terapia não pode ser usada em grávidas, portadores de pacemaker ou outros aparelhos eletrónicos. Pacientes oncológicos que tenham feito quimio e/ou radioterapia há menos de um ano e não tenham feito nenhuma terapia de desintoxicação natural nesse período de tempo.

Voltar
NEWSLETTER  l  POLÍTICA DE PRIVACIDADE Copyright @ 2013 INOVAnet,lda. Todos os direitos reservados.