Métodos Aplicados

  Vídeos   Facebook da Trovisca

TODAS AS DICAS QUE NECESSITA PARA SE MANTER BEM LONGE DAS GRIPES E CONSTIPAÇÕES!

04-10-2017

Passar dias na cama, com o nariz entupido, a espirrar, com dores no corpo e com lenços à sua volta. Esta ideia não lhe agrada, pois não? Leia as dicas que lhe damos para evitar gripes e constipações.


 

 

Quando os dias ficam mais curtos e as temperaturas caem, começamos a preparar-nos para enfrentar as inevitáveis constipações. E com razão: Os europeus apanham duas a cinco constipações por ano, de acordo com o Centro da Constipação, da Universidade de Cardiff, no País de Gales. Mas não precisamos de fazer parte das estatísticas.


«Por cada pessoa que apanha uma constipação, há duas ou três pessoas que transportam um vírus e nunca ficam doentes», diz Ron Eccles, diretor do centro.


Nessas pessoas, o vírus incentiva o sistema imunitário a produzir anticorpos que o combatam. Fortaleça as defesas do seu corpo contra os vírus tomando estas medidas simples neste inverno. Se já está a tossir e a espirrar, pode encurtar a duração ou minimizar os sintomas. Eis como:

 

 

http://musq.com.au/wp-content/uploads/2016/03/woman-washing-hands.jpg

 


1. Lave as mãos frequentemente - Lavar as mãos com frequência pode manter longe as constipações mais eficazmente do que qualquer outra medida. Quando as pessoas doentes tossem ou espirram, pequenas gotículas contendo o vírus da constipação salpicam as superfícies. Apanhamos esses vírus quando tocamos nessas superfícies. Se tocar no seu rosto antes de lavar as mãos, os germes entram no seu corpo.


«É assim que se apanham muitas constipações. Levamos os dedos ao nariz ou esfregamos os olhos», diz Chuck Gerba, professor de microbiologia da Universidade do Arizona.

 


2. Abuse do desinfetante - O desinfetante das mãos pode ajudar a matar os bichos.


«Desinfetar as mãos é basicamente o mesmo que lavar as mãos para prevenir constipações», diz o professor Gerba. «Este ato reduz em 30% a 50% o risco de apanhar uma constipação. E segundo investigações mais recentes, mesmo que as mãos estejam visivelmente sujas, o desinfetante ainda pode ser eficaz na prevenção.»


Não confie no desinfetante apenas quando vai comer, use-o também após ter manuseado uma fotocopiadora no trabalho ou tocado no corrimão do autocarro.


«Os vírus espalham-se à velocidade da luz nos prédios de escritórios, nos lares e nos transportes públicos», diz o professor Gerba. «Fizemos o estudo para mostrar que o desinfetante é eficaz e faz cair o contágio em 90%.»

 


3. Desafie as suas papilas gustativas - Quando sente a garganta arranhada e o nariz pinga, riposte com deliciosos e quentes cordiais (concentrados de sumo de fruta) ou uma bebida de mel e limão.


«Oferecem grande alívio nas dores de garganta e na tosse», diz Eccles. «Promovem a produção de saliva e reduzem o pingo do nariz.»

 


4. Aqueça o nariz - Quando está frio lá fora, protegemo-nos com um casaco e um gorro, mas o nariz não fica protegido dos elementos. Expô-lo a temperaturas gélidas baixa a sua resistência aos vírus que estão presentes nas vias nasais.


Deste modo, as hipóteses de apanhar uma infeção aumentam, diz Eccles. «Podemos mostrar uma correlação direta entre constipações e gripes e a temperatura. Quanto mais frio está, mais constipações e gripes apanhamos.»


Cobrir o nariz e a boca com um cachecol é a solução mais simples.

 


5. Aqueça os dedos dos pés - Estudos sugerem que pés gelados podem baixar as resistências aos vírus das constipações. Investigadores no Centro da Constipação dividiram pessoas aparentemente saudáveis em dois grupos, acreditando que algumas seriam portadoras de vírus da constipação. Metade, manteve os pés mergulhados em água gélida. E foi esse o grupo que significativamente apanhou mais constipações.


«Arrefecer qualquer parte do corpo pode ter esse efeito, mas os pés parecem ser particularmente sensíveis», explica Eccles.

 


6. Evite antibióticos - Muitas pessoas pensam, erradamente, que devem tomar antibióticos para combater as constipações. Eles não só são ineficazes contra os vírus das constipações, como podem causar problemas futuros.


«Quando tomamos antibióticos desnecessariamente, há uma hipótese crescente de a bactéria que estamos a tentar combater se tornar resistente aos antibióticos», diz o Dr. Pasi Penttinen, do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças, em Estocolmo.


«Temos assistido ao emergir de bactérias resistentes aos antibióticos de última linha, o que limita seriamente as opções de tratamento. Trata-se de uma das maiores ameaças de saúde pública na Europa e globalmente.»

 

http://i.huffpost.com/gen/2468010/images/o-WOMAN-SICK-IN-BED-facebook.jpg

 


7. Enfie-se na cama - Muitos estudos encontraram uma ligação entre a privação do sono e uma maior incidência de constipações. Quando estamos cansados, é mais difícil trabalhar eficazmente. É assim que se sente o nosso sistema imunitário quando, sem descansar como deve ser, tem de lutar contra um vírus.


«A privação do sono é um grande problema nos países ocidentais», diz Penttinen. «A defesa mais forte contra as constipações é o próprio sistema imunitário do corpo. Estilos de vida saudáveis em todos os aspetos – in­cluindo dormir o suficiente – são uma boa forma de manter as defesas em alta.»

 


8. Tome Vitamina D - Alguns estudos sugerem que suplementos de vitamina D podem ajudar a prevenir constipações durante o inverno, apesar de ser necessária mais investigação. As pessoas produzem vitamina D quando a pele está exposta à luz do sol; porém, no inverno, a exposição ao sol é menos frequente. Pergunte ao seu médico se deve tomar suplementos de vitamina D, particularmente se a sua dieta não incluir fontes dietéticas como peixes gordos, ovos, cremes de barrar ou cereais fortificados.

 


9. Não limpe em demasia - Não declare guerra total aos germes mesmo que alguém em casa esteja doente. Quando limpar as superfícies, use detergente vulgar. «Se alguém em sua casa tiver tosse ou uma constipação, limpar com um detergente neutro e um pano é o suficiente para evitar contágios», diz a Dra. Nuala O’Connor, consultora principal em resistência aos antibióticos do Colégio Irlandês de Clínicos Gerais. «A esfrega física reduzirá efetivamente a quantidade de vírus numa superfície. Se usarmos demasiados desinfetantes, vamos encorajar o desenvolvimento de organismos resistentes.»

 


10. Beba chá verde - Um aminoácido no chá verde tem vindo a ser ligado à prevenção da gripe. Investigadores americanos descobriram, num estudo levado a cabo em 2007, que o composto chamado L­tianina ajuda a prevenir a incidência de constipações e torna os sintomas menos severos para quem deles sofre, de acordo com um estudo no Journal of the American College of Nutrition.

 


11. Descubra o poder das algas - «A água do mar contém a maior concentração de vírus de todos os produtos naturais, solo incluído», diz Eccles. «Muitos organismos marinhos desenvolveram mecanismos antivirais para prevenirem ser infetados por eles. As algas podem ter propriedade antivirais de que podemos dispor para nos tratarmos.»


Procure um spray nasal com as palavras «carregalose» ou «alga vermelha» (em Portugal, comercializado como Bisol­viral). Ingerir algas ou alimentos com carregalose (um aditivo usado para espessar bebidas e gelados) não tem efeito nas constipações.

 


12. Sirva-se de Iogurte - Muitas pessoas comem iogurtes com probióticos para melhorarem os seus sistemas digestivos. Os probióticos – organismos vivos, incluindo certas bactérias, oferecem benefícios para a saúde – também ajudam na função imunitária, e os investigadores descobriram que consumir probióticos regularmente pode manter as constipações à distância. Uma recente revisão de 10 estudos feita por investigadores coreanos revelou que comer iogurte com probióticos durante até três meses pode ajudar a proteger das constipações e da gripe. «Não parece ser necessário comê-los todos os dias do ano, mas apenas durante a época das doenças», diz a Dra. Karsch-Völk. As espécies Lactobacillus e Bifidobacterium são os micro-organismos mais comuns encontrados no iogurte.


fonte: Fonte: "Selecções"

voltar
NEWSLETTER  l  POLÍTICA DE PRIVACIDADE Copyright @ 2013 INOVAnet,lda. Todos os direitos reservados.