Métodos Aplicados

  Vídeos   Facebook da Trovisca

LIVRE-SE DA QUEDA DE CABELO COM ESTAS 7 VITAMINAS!

25-06-2018

grow hair

 

 

Quem não quer ter um cabelo bonito e saudável? O problema é que muita gente sofre com ressecamento e queda dos fios. Geralmente isso acontece por falta de nutrientes. A velhice e o excesso de stress também dificultam o crescimento do cabelo.


Por isso, é bom que se saiba: Se queremos ter cabelos bonitos e saudáveis, uma dieta equilibrada é fundamental. Por isso mesmo, selecionamos alguns nutrientes que devem fazer parte da sua rotina de cuidados com os fios.


Lembre-se de que cada cabelo responde num tempo diferente porque é influenciado pela genética, pelas hormonas e até pelo ambiente.


Assim sendo, invista em:

 


1. Óleo de Peixe - As gorduras Omega 3 nutrem e reduzem as inflamações que podem levar à queda dos fios. Não é a toa que o óleo de peixe é uma das recomendações.


Sendo assim, pode consumir peixes como cavala e sardinha, riquíssimos em Omega 3.


Se você não consegue ingerir Omega 3 suficiente por meio de alimentos, tome uma a duas cápsulas de suplemento de óleo de peixe. Mas atenção: caso tome medicamentos para “afinar” o sangue, incluindo a aspirina, fale com o seu médico antes de iniciar esta suplementação.

 


2. Zinco - Os compostos orais de Zinco têm sido usados há décadas no tratamento de distúrbios de perda de cabelo. Isto porque o zinco beneficia a saúde do folículo piloso.


O Zinco é um cofator essencial para múltiplas enzimas e está envolvido em atividades funcionais importantes no folículo piloso. Estudos sugerem que alguns pacientes com doenças que causam quedas de cabelo têm deficiência de zinco, e a terapia oral com Zinco é um tratamento eficaz.

 

https://2.bp.blogspot.com/-umQ3SwFpj2g/WG_bYaP95EI/AAAAAAAAbwk/NoNlhJx8ocE9t1ljDKZc2E9dxSksPyjTACLcB/s1600/biotina-alimentos-eltocadordevero.jpg

 


3. Biotina e Vitamina B5 - A Biotina e o ácido pantotênico (Vitamina B5) têm sido utilizados como tratamentos alternativos para a queda de cabelo.


A Biotina reconstrói as partes danificadas pelo excesso de lavagem, exposição ao sol, secagem e alisamento. A vitamina B5 nutre as glândulas suprarrenais, o que ajuda a estimular o crescimento dos fios.


Para reverter a perda de cabelo, e aumentar a força do mesmo, tome, diariamente, um comprimido de Vitamina do Complexo B ou consuma biotina e vitamina B5 separadamente.


Comer alimentos ricos em Biotina e Vitamina B5 , como ovos, carne, frango, abacate, legumes, nozes e batatas, também ajuda bastante.

 


4. Vitamina C - Estudos sugerem que o stress oxidativo intensifica o processo de envelhecimento.


Com o passar da idade, a produção de radicais livres aumenta e a quantidade de enzimas antioxidantes que defendem o nosso corpo diminui, levando ao dano das estruturas celulares e ao envelhecimento dos cabelos.


Trabalhando como um antioxidante, a Vitamina C combate o stress oxidativo, que contribui para o envelhecimento e a queda de cabelos.


Para combater os danos dos radicais livres e proteger o cabelo do envelhecimento, consuma alimentos ricos em Vitamina C, como acerola, laranja, limão, pimento, couve, brócolos, morango e kiwi.


Se você preferir suplementar a Vitamina C, tome de 500 a 1.000 miligramas de Vitamina C, duas vezes ao dia.

 

http://3.bp.blogspot.com/-_QSqke3x6fE/VdN2ESNmf7I/AAAAAAAAE-4/UY7NbwnxyLs/s1600/alimentos%2Bricos%2Bem%2Bferro.jpg


5. Ferro - Vários estudos examinaram a relação entre deficiência de Ferro e perda de cabelo. E sabe qual foi o resultado?


A deficiência de Ferro pode estar relacionada à alopecia areata, alopecia androgenética, eflúvio telógeno e perda capilar difusa.


Para impulsionar o crescimento do cabelo, adicione alimentos ricos em Ferro na sua dieta diária. É importante, por exemplo, comer bastante espinafre, couve, gema de ovo, bife de vaca, feijão-branco e feijão-preto.


Como a deficiência de Ferro pode levar à perda de cabelo, assegure-se de obter a quantidade diária recomendada comendo muitos alimentos ricos em Ferro.


No entanto, tenha cuidado com a suplementação excessiva de Ferro. Os pacientes que não respondem à terapia de reposição de Ferro devem passar por testes adicionais para identificar outras causas subjacentes de deficiência de Ferro e perda de cabelo.

 


6. Vitamina D - Os folículos capilares são altamente sensíveis às hormonas e, para quem não sabe, a Vitamina D é na verdade uma hormona que desempenha um papel importante na homeostase do Cálcio, na regulação imunológica e na diferenciação do crescimento celular.


No mundo científico, é bem conhecido que a alopecia areata é comumente encontrada em pacientes com deficiência de Vitamina D, raquitismo resistente à Vitamina D ou mutação no receptor da Vitamina D.


Para reverter a situação, tome banho de sol diariamente por 30 minutos. Além disso, coma alimentos ricos em Vitamina D, como a cavala, o bacalhau, ovo e cogumelos.


fonte: Cura Pela Natureza

voltar
NEWSLETTER  l  POLÍTICA DE PRIVACIDADE Copyright @ 2013 INOVAnet,lda. Todos os direitos reservados.