Métodos Aplicados

  Vídeos   Facebook da Trovisca

DOR MUSCULAR: COMO ALIVIAR SEM TOMAR ANALGÉSICOS

14-05-2019

https://i.imgur.com/tkdSRn6.png

 

 

Para muitos, a dor muscular é o “pão de cada dia”. A vida sedentária, a permanência em frente ao computador por mais de 8 horas seguidas, não fazer exercício e o mau dormir são apenas algumas das causas destes incômodos que, em muitos casos, impedem inclusive de cumprir-mos com as nossas atividades diárias.

 


Seja por ter feito muito exercício ou por não mover muito o corpo, você pode colocar em prática os seguintes conselhos para eliminar a tão conhecida e insuportável dor muscular:

 

 


1. Aplique gelo - O gelo permite reduzir a inflamação nos músculos quando eles estão doridos. No entanto, para que esta técnica surta efeito, deve ser aplicada imediatamente (quando começarem as dores).

 


Não serve de nada colocar gelo na área afetada dois dias mais tarde.

 

 

  • Para evitar queimar a pele, envolva os cubos de gelo em um pano ou bolsa plástica e mantenha entre 10 e 14 minutos sobre a pele.
  • Outra opção é tomar um banho de água fria.

 

 


2. Faça alongamentos - Podemos realizá-los em qualquer lugar; no escritório, no ginásio, ou em casa.

 


Uma série de alongamentos de uns 10 minutos de duração podem servir para reduzir as dores por estar muito tempo na mesma postura ou por uma rotina de exercício forte.

 


O alongamento não servirá se o músculo estiver lesionado ou se o tivermos forçado em demasia.

 


Todas as manhãs, cumpra uma rotina de 5 minutos que inclua alongamentos de braços e pernas. Assim você reduzirá a dor e evitará contraturas maiores.

 

 


3. Tome um banho quente - Se a aplicação de gelo não funcionar porque a área não está inflamada, então experimente a técnica contrária.

 

 

  • Tome um duche com a água o mais quente possível para relaxar os músculos.
  • Uma boa opção é o banho de imersão com sais de Epsom ou espuma.
  • Os banhos de vapor são muito eficazes, pois relaxam a tensão e reduzem a dor muscular. Você pode fazê-lo em casa ou ir para uma sauna ou spa (onde talvez também lhe façam massagens relaxantes).

 

 


4. Caminhe - A recuperação ativa é muito interessante porque evita o sedentarismo. Se ultimamente os músculos doerem devido ao seu trabalho, então experimente caminhar um pouco mais.

 

 

  • Você não precisa caminhar quilômetros. Você pode começar com algumas ruas, por exemplo, deixando o carro estacionado um pouco mais longe do escritório.
  • Enquanto caminha, você pode girar os ombros, mover os braços e girar a cabeça até as laterais para conseguir um maior alívio.

 

 


5. Descanse - O stress, a rotina e as obrigações são os principais causadores das dores musculares. Por isso é fundamental dormir bem todas as noites.

 


Tente ir deitar-se sempre à mesma hora e cumprir com pelo menos 8 horas de descanso diário. Não se esqueça de que durante a noite os músculos recuperam e regeneram.

 

 


6. Pratique Yoga - Esta técnica milenar não só reduz as dores musculares, como também as evita.

 


A prática regular do Yoga melhora a flexibilidade, previne as cãimbras e afasta o stress.

 


Se você não puder ir a um centro especializado, pode cumprir com uma rotina em casa várias vezes por semana.

 

 


7. Esfregue a zona dorida - De acordo com a área do corpo que dói, você pode desfrutar das vantagens dos esfregões naturais. Trata-se basicamente de esfregar os músculos com um pano ou toalha molhados com água quente.

 


Para aumentar o efeito dos esfregões, recomendamos adicionar um ingrediente com propriedades anti-inflamatórias, tais como:

 

 

  • Alecrim
  • Vinagre de maçã
  • Pimenta-do-reino moída

 

 


8. Alimente-se bem - Muitas vezes, a falta de certos nutrientes deixa-nos mais propensos a contraturas, câimbras e dores musculares.

 

 

  • Tente manter uma dieta equilibrada que inclua todos os grupos alimentares: proteínas, carboidratos, gorduras saudáveis e açúcares.
  • As frutas e as verduras de época cruas não podem faltar nas suas refeições, assim como as leguminosas, as oleaginosas e as carnes magras.

 

 


9. Beba bastante água - Quando os músculos não estão bem hidratados, ficam mais vulneráveis e não conseguem se recuperar como deveriam.

 


Se a isso somarmos uma prática excessiva de desporto ou muito sedentarismo, não é estranho compreender por que eles doem.

 


Para evitar isso, tente ingerir os famosos “2 litros de água por dia”, quantidade que deverá aumentar quando faz calor ou se você praticar exercício com regularidade.


fonte: Adaptado de: "Mundo Boa Forma"

voltar
NEWSLETTER  l  POLÍTICA DE PRIVACIDADE Copyright @ 2013 INOVAnet,lda. Todos os direitos reservados.