Métodos Aplicados

  Vídeos   Facebook da Trovisca

OS MELHORES ALIMENTOS PARA MANTER O BRILHO DA SUA PELE

29-05-2019

https://i.imgur.com/Kr4hipr.png

 

 

Hippocrates, conhecido como sendo o pai da medicina, já dizia "Que a comida seja a tua medicina, e a tua medicina seja a tua comida", mas podemos também dizer que a nossa alimentação, além de medicina, pode também ser uma fonte de juventude.

 


Considere isto: 90% do envelhecimento visível é causado pela exposição ao sol, pela poluição, pelo químicos dos fumos, e pelo stress. Por vezes senti-mos que o mundo conspira contra o nosso corpo - especialmente contra a nossa pele. No entanto, você pode utilizar os alimentos como uma forma de amenizar todos estes fatores, mantendo assim a sua pele jovem e brilhante. Isto significa que se você se olhar ao espelho e observar rugas, tons irregulares, má textura e pigmentação, estará na altura de reformular a sua despensa.

 

 


    Porquê que a nossa pele envelhece,
    e o que podemos fazer quanto a isso.

 


O envelhecimento ocorre devido a dois factores: intrínseco e extrínseco. Não temos grande influência nos factores intrínsecos, que são influênciados pelos genes, etnia, e alguns problemas de saúde. No entanto, podemos sim influenciar os factores exteriores a nós, tais como a exposição aos raios UV, stress, fumo, nutrição e as escolhas do nosso estilo de vida, que são os factores que mais contribuem para o processo de envelhecimento.

 


De que forma é que estes facotres contribuem para o envelhecimento? Todos eles podem desencadear o trio de reações causadoras das rugas e pigmentos da pele: oxidação, inflamação e glicação. Quando estes três se unem, sucede assim o envelhecimento precoce.

 

 


    1. Oxidação


A oxidação pode ser causadas pelas moléculas chamadas de radicais livres. Os radicais livres são moléculas de oxigénio instaveis que perderam pelo menos um eletrão. Elas tentam roubar eletrões ás células que se encontram ao seu redor. Isto causa a oxidação da célula, levando à destruição celulas e do ADN, ou até mesmo á morte da célula.

 


O seu corpo produz radicais livres a toda a hora, e isto é uma função normal do nosso corpo (a respiração, digestão e exercício), mas surge um problema quando o corpo é bombardeado com radicais livres devido aos factores exteriores referidos acima. Isto leva a que o nosso corpo entre um estado de stress oxidativo, tornando-se incapaz de combater os radicais livres sozinho. Estes radicais livres desencadeiam uma série de eventos no corpo que começam a causar danos visiveis, incluindo a destruição do colagéno e da elastina, o que faz com que a pele fique enrugada, seca e mais fraca.

 


Nâo podemos evitar por completo os radicais livres, mas podemos reduzir o dano que eles causam através de uma dieta rica em antioxidantes. Os antioxidantes são o antídoto dos radicais livres. A Vitamina A, C, E, antociania, beta-caroteno, licopeno, zinco, selenio e o resveratrol, são apenas alguns dos antioxidantes com a capacidade de proteger a sua pele, pois eles dão um dos seus eletrões aos radicais livres, impedindo que eles continuem a danificar as outras células.

 

 


    2. Inflamação e Glicação

 


Toda a comida que ingerimos é convertida em glucose, que é a forma de açúcar mais simples que o nosso corpo utiliza para produzir energia. Alimentos que contenham mais açúcar -cerais embalados, bolachas, molhos e carbohidratos refinados- inundam o nosso sistema com glucose. Isto é um problema por duas razões:

 


Inflamação: O seu corpo está numa montanha russa de picos de açúcar, com constantes altos e baixos, o que poderá levar a uma inflamação ou doença crónica. A inflamação crónica encontra-se na raiz da maioria das doenças crónicas, e a sua pele não é excessão. As inflamações podem piorar casos de rosacea, psoriase e eczema, assim como enfraquece o colágeno e a elastina com o passar do tempo, levando à frouxidão da pele, demora na cicatrização de feridas, e ao aparecimento de texturas e manchas.

 


Glicação: Quando o açúcar se junta na corrente sanguínia com uma proteína ou gordura, o resultado é uma formação de componentes prejudiciais chamados "Produtos Finais de Glicação Avançada" ( também conhecidos por AGEs). Os AGEs podem formar-se espontâneamente no corpo, ou podem ser formados nos alimentos fritos ou nos produtos altamente processados, tais como a carne vermelha, margarina, manteiga e nozes. Alguns métodos de cozinha que utilizam a alta temperatura -como o fritar, grelhar ou tostar- também podem contribuir para a formação de AGEs.


Na sua pele, os AGEs juntam-se com o colágeno e a elastina fazendo com que estas fibras, que são importantes para manter a aparência jovem, fiquei rijas, inflexiveis, e propícias a partir. Ou seja: A sua pele torna-se menos elástica, rugosa, fácida e mais vulnerável aos danos causados pelo Sol.

 

 


    Como se alimentar para um brilho de jovem

 


Já percebemos que existe uma imensidão de factores no nosso ambiente e na nossa alimentação que ameaçam a saúde e aparência da nossa pele. No entanto, podemos prevenir ou até mesmo prever estes danos se incluirmos os seguintes tipos de alimentos:

 


1. Alimentos ricos em Antioxidantes


Os alimentos ricos em antioxidantes tais como o tomato (licopeno), as bagas (polifenóis), os vegetais verdes escuros (Vitamina E), e o espinafre (carotenoides) podem diminuir os estragos causados pelos radicais livres e pelos AGEs. Acompanhe as suas refeições com uma chávena de chá verde (catequinas) ou café (ácido cafeico) para um pequeno "boost".

 


2. Alimentos anti-inflamatórios


Você deve adicionar alimentos ricos em carotenoides tais como o licopeno (tomate, melância), luteina (abóbora, pistachio, vegetais verde escuras), e zeaxantina (salsa, couve e gema de ovo). Os alimentos ricos em zinco e selenio como as lentilhas, ovos, chocolate negro e amêndoas, também são vitais na formação do colágeno e da elastina, tal como auxiliam na diminuição da inflamação.

 


2. Alimentos anti-glicação


Os alimentos que impedem os picos rapidos de açúcar limitam a formação de AGEs. Os métodos de cozinha que utilizam baixas temperaturas também ajudam.


As maçãs, aspargos, figos, aipo, pimento verde, couve-flor e a cebola combatem o processo de glicação, uma vez que são ricos em fitonutrientes, incluindo a rutina, quercitina e luteolina.


Você pode manter os níveis de açúcar no sangue estáveis adicionando vegetais fibrosos como a alcachofra e bróculo, assim como ervas e especiarias tais como a canela, gengibre, curcúma, alho, e feno-grego.


fonte: "Mind Body Green"

voltar
NEWSLETTER  l  POLÍTICA DE PRIVACIDADE Copyright @ 2013 INOVAnet,lda. Todos os direitos reservados.